17 de Agosto de 2019 | 20:06
redacao@acaonews.com.br
-->
Policial
Noticia de: 03 de Agosto de 2019 - 10:37
Fonte A - A+

Sequestro para roubos tem crescimento preocupante no Estado

Levantamentos indicam aumento de 38% nesse tipo de ocorrência

- Foto Divulgação

Os casos de sequestro-relâmpago aumentaram 38% em Mato Grosso do Sul no primeiro semestre deste ano. Nos primeiros seis meses, segundo levantamentos da Secretaria Estadual de Justiça e Segurança Pública  (Sejusp), já ocorreram no Estado 72 episódios, contra  52 do mesmo período do ano passado, situação que tem gerado temor entre a população.

Ontem, por exemplo, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu dois indivíduos com um veículo Fiat Toro preto, roubado de empresário de 60 anos, sequestrado com o filho de sete anos. Este é o segundo caso da semana na Capital. Na terça-feira, bandidos também  sequestraram uma advogada para o roubo de um automóvel.  Dois dos assaltantes foram mortos em confronto com militares do Batalhão de Choque.

De acordo com a polícia, esse tipo de crime tem acontecido em tentativas de os criminosos levarem veículos roubados  para venda ou troca por droga em cidades fronteiriças com a Bolívia e Paraguai, como Corumbá  e Ponta Porã.

EMPRESÁRIO

No sequestro de ontem, a prisão aconteceu durante barreira montada pela PRF na via. A identificação dos dois indivíduos não foi divulgada, já que a Polícia Civil ainda está apurando detalhes sobre o sequestro e ligação desta com outras ocorrências semelhantes. Mas, a delegada Aline Sinott, titular da Delegacia Especializada de Furtos e Roubos de Veículos  (Defurv), disse que o sequestro de pai e filho pode ter sido uma represália, pelo fato de uma quadrilha ter sido presa, em Campo Grande, e apontada como especializada nesse tipo de crime.

O CASO

Um empresário de 60 anos e seu filho, de sete, foram sequestrados por bandidos armados na madrugada desta sexta-feira, no estacionamento de uma farmácia no Bairro Chácara Cachoeira, região leste da Capital. A família ficou em cárcere por toda a madrugada e só foi libertada nesta manhã.

Segundo a polícia, o caso aconteceu por volta das 0h. O empresário parou no comércio, fez sua compra e, quando voltava para seu veículo, um Fiat Toro, foi abordado por um bandido armado, que entrou no carro. Pelas imagens das câmeras de segurança, é possível visualizar que um segundo carro com pelo menos dois comparsas fazia a ‘guarda’ do bandido. Ambos fogem juntos.

O crime foi descoberto pela companheira do empresário, que estranhou a demora dele em voltar para casa e decidiu ir procurá-lo. Ao chegar na farmácia, encontrou uma viatura da Polícia Militar, acionada por funcionários do estabelecimento. As vítimas só foram localizadas por volta das 6h30, a quase 12 quilômetros de distância, no bairro do Buriti, região sul da Capital. Estavam a pé e ligaram para a PM de um orelhão, segundo os policiais. Os bandidos fugiram levando o carro da vítima.

A dupla foi localizada pela Polícia Rodoviária Federal na BR-262, próximo a Corumbá.   O carro estava sendo levado para comercialização na Bolívia, o que poderia envolver, inclusive, troca por cocaína.

-CE

social aqui